Gestão Autônoma da Medicação (GAM)

09/03/2016

"Os movimentos da Reforma Psiquiátrica têm conquistado grandes avanços, como a redução de leitos em hospitais psiquiátricos e o retorno à vida na comunidade de pessoas com longo histórico de internações, em processo de desinstitucionalização que abrange a criação de novas formas de organização da atenção à saúde, valorizando a integração dos serviços e dos usuários às suas comunidades e territórios. Porém, ainda enfrentamos o desafio de que o tratamento baseado em medicamentos – ou fármacos – seja o mais utilizado, colocando em segundo plano outras formas de cuidar das pessoas, baseadas nas relações, nos afetos e na comunicação. A Gestão Autônoma da Medicação (GAM) – propõe ferramentas concretas para enfrentar esse problema – que práticas de saúde mental dependam tanto do mundo da Medicina (medicalização). A GAM busca que as pessoas que usam psicofármacos sejam mais críticas com o uso que fazem deles, que conheçam melhor os medicamentos que usam cotidianamente e seus efeitos desejados e não desejados. Busca, ainda, que conheçam quais são seus direitos e que saibam que podem decidir se aceitam ou recusam as diferentes propostas de tratamento. Assim, dois princípios importantes da GAM são: o direito à informação e o direito a aceitar ou recusar os tratamentos. Para a GAM, a participação das pessoas nas decisões sobre os seus tratamentos é algo central. Com este Guia, pretendemos ajudar você, moderadora ou moderador de grupos GAM, com dicas e estratégias úteis – que foram aprendidas durante diversas experiências em torno da Gestão Autônoma da Medicação. Nas páginas a seguir, apresentaremos a GAM e seus princípios, e a história dessa proposta. Também falaremos brevemente sobre a Reforma Psiquiátrica – que forma o contexto histórico e político em que se desenvolve a GAM aqui no Brasil. Finalmente, vamos discutir sobre os Grupos GAM e formas de usar o Guia GAM, em cada um dos seus seis passos".

 

Baixe o Guia do Moderador da Gestão Autônoma da Medicação para conhecer melhor este trabalho.

 

 

 

 

Please reload

Mural do Sítio